SITE INTERNACIONAL DE NOTÍCIAS, INFORMAÇÕES, OPINIÃO SOBRE ECOLOGIA, MEIO AMBIENTE E CULTURA

DESMATAMENTO

Terra desmatada para fortalecimento da monocultura Crédito: Pedro Biondi

No mês de maio, o desmatamento da Amazônia foi menos intenso do que o mês de abril, divulgou o Ministério do Meio Ambiente na última sexta-feira.  Conforme os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a área desmatada no mês foi de 267,9 Km², o equivalente a mais 26 mil campos de futebol. No mês passado, o total havia sido de 477,2 Km².

O Ministério do Meio Ambiente atribui a redução às medidas tomadas frente ao aumento do desmate registrados em março e abril. Ibama, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional de Segurança e Exército intensificaram as ações contra o desmatamento.

Apesar da redução de maio em relação a abril, a pesquisa também aponta que no intervalo de agosto a maio de 2010/2011, em relação ao mesmo período entre 2009/ 2010, houve aumento no desmatamento de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Amazonas, Maranhão, Acre e Tocantins.

Para o coordenador executivo do Instituto Centro de Vida (ICV), Laurent Micol, a tendência é que no total, neste ano, a área de desmatamento seja superior a de 2010. Ele diz também que a redução não depende tanto de ações pontuais e sim, de uma situação estrutural, política e econômica. 

O novo Código Florestal, o Zoneamento Socioeconômico Ecológico de Mato Grosso e a prorrogação da data para regularização ambiental do MT Legal, foram citados por ele como afrouxamentos de políticas que, segundo Laurent, contribui para que mesmo com o risco de fiscalização, os proprietários de terras tomem decisão de desmatar.

Uma pesquisa do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) também permite visualizar o contexto de desmatamento para o mês de maio, porém com outra perspectiva. Nessa estatística, comparou-se os dados de desmatamento em maio de 2010 e 2011. De acordo com a pesquisa, houve um aumento de 72% de desmatamento na Amazônia Legal (que engloba os estados campeões em desmate).