SITE INTERNACIONAL DE NOTÍCIAS, INFORMAÇÕES, OPINIÃO SOBRE ECOLOGIA, MEIO AMBIENTE E CULTURA

Posts marcados ‘BALEIAS’

CAÇA ÀS BALEIAS – ATIVIDADE NECESSÁRIA? II

A diminuição da população de baleias

O início do século 20 marcou o início da rápida redução no número de baleias. Os caçadores pareciam acreditar que os oceanos ofereciam uma oferta ilimitada de diferentes espécies de baleias. Em 1904, Carl Anton Larsen, da Noruega, deu início à primeira operação de caça às baleias na Antártida, numa ilha ao sul do Oceano Atlântico. Não demorou muito para que o número de baleias mortas aumentasse:

– 1904: 184 baleias foram mortas na ilha do Atlântico Sul da Geórgia do Sul. Dentro de 10 anos, 1.738 baleias azuis, 4.776 baleais-fin e 21.894 baleias jubarte foram mortas nessa mesma área.

– 1927: 13.775 baleias foram mortas na Antártida durante a temporada de caça às baleias.

– 1929 – o número praticamente triplicou para 40.201.

– 1931: 37.438 baleias azuis foram mortas nos Oceanos do Sul.

– 1937: mais de 45 mil baleias foram mortas na Antártida. Este foi o maior número já registrado até então.

[fonte: Kline]

caça às baleias
© istockphoto.com /Olerosset
Baleeiro

Quando a população de baleias abandonava determinada área, os caçadores mudavam para outras regiões em busca de mais espécies. A diminuição do número de baleias francas e baleias cinzentas no Pacífico Norte, assim como as baleias bowheads e francas no Atlântico Norte, forçou os caçadores a viajar para encontrar outras espécies. Eles buscaram por baleias no Pólo Norte, no Caribe e no Pacífico Sul [fonte: Kline]. Mas a grande maioria das caças ocorreu na Antártida. (mais…)

Anúncios

CAÇA ÀS BALEIAS – ATIVIDADE NECESSÁRIA?

Como funciona a caça às baleias

Poucos assuntos deixam as pessoas mais irritadas do que política, religião ou esportes. Mas a batalha de longa data que envolve o direito de caçar e matar baleias – ou o direito de impedir aqueles que o fazem – chega perto.

Os homens vêm caçando – e matando – baleias há séculos. No início, as baleias eram caçadas para sobrevivência, mas a motivação mudou quando começou a se pagar uma boa quantia em dinheiro por essas capturas.  E aqueles dias se foram.

baleia
© istockphoto.com /RodKaye

Caçar baleias por lucro é algo proibido desde 1986, mas caçar para pesquisa científica ainda é permitido em certas áreas. Essa exceção incita uma forte oposição entre grupos que são contra a caça às baleias, incluindo o Sea Shepherd Conservation Society e o Greepeace. As organizações acusam países como o Japão de burlar uma lei global que proibiu a caça comercial de baleias por mais de duas décadas. Além disso, conservacionistas dizem que a caça às baleias é o motivo pelo qual muitas espécies estão à beira de extinção.

Este artigo dará uma olhada na história e evolução da caça às baleias, o impacto que isso tem tido sobre as espécies e na batalha em curso para reforçar a proibição à caça.

Primeiramente, vamos entender por que as baleias – os maiores mamíferos do mundo – foram caçadas. (mais…)

SEA SHEPHERD REALIZA OPERAÇÃO SECRETA

Agente da operação secreta da Sea Shepherd fala à população das Ilhas Faeroe


O seguinte texto foi publicado no dia 30 de julho no maior jornal nas Ilhas Faroé, Dimmalaetting. É uma carta do agente secreto da Sea Shepherd Peter Hammarstedt escrita para o povo das ilhas Faroé.

UntitledPeter Hammarstead ajuda baleias piloto encalhadas na Austrália em 2009.


À população das Ilhas Faeroe:

Faz uma semana que eu estive em Klaksvik, e desde então eu li que outra matança de baleias aconteceu em Torshavn. Não estou surpreso, pois sei que mudanças levam tempo. Nunca esperei que a matança acabasse do dia para a noite porque tirei algumas fotografias. Mas ainda me sinto otimista, pois sei que se observarmos a história, sei que um dia a matança chegará ao fim. (mais…)

PRESERVAR BALEIAS PODE COLABORAR NA REDUÇÃO DO EFEITO ESTUFA

Proteger baleias combate efeito estufa, dizem cientistas

https://i2.wp.com/3.bp.blogspot.com/_WidctBWvOV0/R2gTYS5nkYI/AAAAAAAACrc/O0HgmbD5jjE/s640/Imagem5.jpg
folhaonline   

Cientistas dos Estados Unidos disseram que proteger as baleias pode evitar que milhões de toneladas de gás carbônico acabem indo parar na atmosfera – algo que intensifica o efeito estufa.

(mais…)