Matar a sede bebendo diretamente do tanque de combustível de seu carro não é uma boa idéia. Os combustíveis derivados de petróleo (como agasolina) e que abastecem a grande maioria dos carros no mundo todo estão longe de oferecer algo nutritivo e seguro para beber. 

Mas isso está mudando. Uma indústria crescente vem investigando há décadas alternativas para os combustíveis fósseis, e grande parte da pesquisa está centrada nos biocombustíveis – substitutos do petróleo feitos a partir de óleos vegetais naturais [fonte: Demirbas]. Em alguns casos, óleos vegetais puros podem abastecer motores padrões a diesel; afinal de contas, Rudolph Diesel projetou originalmente o motor que leva seu nome numa tentativa de dar aos agricultores a capacidade de operar o equipamento usando combustível produzido no local.














 

 

Biocombustíveis comestíveis, como o milho, podem ser uma alternativa ecológica aos combustíveis fósseis.
© iStockphoto.com /Elenathewise
Biocombustíveis comestíveis, como o milho, podem ser uma alternativa ecológica aos combustíveis fósseis


Mas o óleo vegetal puro, embora seja um biocombustível, tem suas limitações. A glicerina encontrada nos óleos naturais aumenta a sua viscosidade, fazendo com que os mesmos solidifiquem em baixas temperaturas.
(mais…)